LITURGIA

O altar 
O centro da fé cristã é o Mistério Pascal de Cristo, sua total entrega por nós, confirmada pela Ressurreição e dom do Espírito. O altar re-presenta (traz-nos sempre presente à memória) este Mistério, Sua entrega total por nós, ontem, hoje e sempre. Em torno do altar reúnem-se os fiéis para participar do banquete pascal.

O ambão ou estante
A Constituição sobre a Sagrada Liturgia, do Concílio Vaticano II, afirma: Cristo está presente "pela sua palavra, pois é Ele mesmo que fala quando se lêem as Sagradas Escrituras na Igreja" (SC 7). 
Sendo a Palavra uma só, o ambão também deve ser único. 

A sede (cadeira de quem preside) 
Quem preside a Liturgia é o próprio Cristo, na pessoa do presidente da assembléia litúrgica. O sacerdote que preside a Eucaristia é o sinal sacramental de Cristo Jesus que está presente, mas de maneira invisível.
A cadeira é o lugar daquele que preside a celebração. Juntamente com o ambão e a mesa da eucaristia, constitui os três principais elementos do presbitério.

Cruz processional
A cruz junto ao altar é para lembrar o que ali se atualiza, o mesmo e único sacrifício de Jesus no Calvário.
A cruz levada em procissão simboliza que a cruz acompanha o cristão em sua caminhada, mas a meta é a ressurreição, a glória, a vida. Portanto, também representa a vitória da cruz.

Credência 
É uma espécie de pequena mesa colocada discretamente no presbitério para apoiar os objetos necessários para a missa: o cálice, a patena, as galhetas, os livros ou o que mais for necessário, dependendo da celebração. 

A Nave
Na nave (corpo da igreja, separado do presbitério, que é onde atuam os ministros), os fiéis se reúnem em assembléia para participar das celebrações. 

Batistério
Destaca e realça a dignidade do sacramento do Batismo. 

Confessionário
Lugar próprio para o sacramento da reconciliação ou confissão. 

Sacrário ou Tabernáculo
O centro do espaço celebrativo é o altar. A reserva eucarística convém, se possível, ficar fora do presbitério, numa capela própria para a oração individual e comunitária. Caso não possa haver capela do Santíssimo, coloque-se o tabernáculo no presbitério. Conheça o Sacrário do nosso Santuário

A lâmpada do Santíssimo 
Indica a presença da Santíssimo Sacramento.

Átrio 
O Átrio é o lugar que dá entrada à igreja. Ele separa o exterior do interior. Este local tem a função de preparar a entrada e marcar a passagem de uma realidade para outra.
A pia de água benta é para que se faça o sinal-da-cruz em preparação ao Mistério de que se vai participar. A porta principal de entrada representa Cristo (a Porta). 

Avisos e cartazes 
Os cartazes e avisos fazem parte da vida e da dinâmica da comunidade e devem ter um lugar determinado e adequado para sua exposição.
O melhor local para concentrar avisos e cartazes é no átrio. É aí que as pessoas podem parar para ler os avisos, quando entram ou quando saem, sem atrapalhar o andamento da celebração ou sobrecarregar o ambiente sagrado. 

Imagens 
O que o Evangelho diz com palavras, o ícone e as imagens anunciam através das cores e, de certo modo, torna-o presente. A imagem é sinal da presença do invisível. A arte sacra é verdadeira e bela quando corresponde por sua forma à vocação própria: evocar e glorificar, na fé e na adoração, o mistério transcendente de Deus, beleza excelsa e invisível de verdade e amor, revelada em Cristo... (Cat. 2502).

Via-sacra 
A via-sacra, entendida como caminho sagrado, lembra os últimos passos de Jesus em direção à sua paixão e ressurreição. 

51 3248.2027

 

Praça Senador Alberto Pasqualini, 120

Ipanema - Porto Alegre - RS

aparecidapoa@arquipoa.com

mcc.png
lk_3.png
regional_sul_3.png
arquidiocese.png

© 2004 - 2019 por Nelson S Pereira - PASCOM - Aparecida POA